(31) 3215-8300

Entidades se unem na busca de negócios em Portugal

Em uma busca incansável para a promoção de negócios para as indústrias mineiras e brasileiras, o Sindinfor e demais entidades representativas de vários estados brasileiros, a Confederação Nacional da Industria (CNI), por meio da Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN) e a Apex-Brasil estão presentes junto com mais de 30 empresários na maior conferência de tecnologia do mundo, a Web Summit 2017.

Este evento acontece entre os dias 6 e 9/11 e se destaca como um dos principais encontros de tecnologia e inovação do mundo, reunindo representantes de gigantes da internet como Google, Uber, Booking, além de autoridades internacionais e ativistas. Além de acolher rodadas de negócios, a conferência também é um espaço de debate para a relação entre políticas públicas e o desenvolvimento de tecnologia.

Em Lisboa, Portugal, a missão conta ainda com a parceria com a Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi) e com o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPME) de Portugal. A delegação brasileira é formada por empresas e startups do Distrito Federal, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul, com destaque para sete empresas de Minas Gerais. A expectativa é, até o final do evento, que as empresas fechem, pelo menos, US$ 3 milhões em negócios e firmem parcerias para atrair investimentos. Antes da conferência, o grupo também participa de visitas técnicas e encontros com autoridades portuguesas para identificar oportunidades de negócios no país.

A delegação de mineira está sendo liderada pelo presidente do Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais – Sindinfor, Welington Teixeira, e pela gerente do Centro Internacional de Negócios, Rebecca Macedo. “Participar desse momento com certeza será de grande valia para as nossas empresas, inclusive servirá de exemplo para os demais empresários que desejam levar suas soluções para outros países, além de estabelecer parcerias fortes”, afirma Welington. Para Rebecca, movimentos como este fortalece ainda mais o trabalho realizado junto a indústria. “Estamos com uma delegação numerosa e isso mostra que a organização, qualidade e força que as empresas brasileiras tem frente a mercados tão competitivos. Temos certeza do sucesso dessa missão”, conclui Macedo.

Todos os participantes estão impressionados com a organização e infraestrutura do Web Summit 2017. "O evento tem uma estrutura bem interessante! São cinco pavilhões imensos e em cada um deles há vários tipos de exposições. Eles têm uma separação feita conforme estágio da empresa, que vai desde startup até àquelas que já estão mais avançadas no mercado. Tem espaço para todas e é quase um celeiro de investidores, que vieram em peso para feira com o objetivo de analisar quais eles irão investir, fazer negócios. Show!", acrescenta Welington Teixeira.

Alguma dúvida, sugestão? Entre em Contato!

Obrigado por entrar em contato conosco. Breve iremos retornar.