(31) 3215-8300

Parceria entre Minas e mercado britânico é fortalecida em seminário

O SINDINFOR em parceria com o Ministério do Comércio Internacional do Reino Unido no Brasil (DIT) e a FIEMG, realizou o seminário sobre "Oportunidades de Negócios e Parcerias com o Reino Unido".

O evento teve como público-alvo empresas mineiras da área de negócios digitais, que possuem interesse em se internacionalizar.

Em um primeiro momento, o Superintendente Executivo de Relações Institucionais da FIEMG, Paulo Brant, abriu o evento ressaltando que, independe do tamanho do nosso mercado, pensar global é fundamental para as empresas que almejam o crescimento.

"O Brasil tem um mercado muito grande e muito vigoroso e isso acaba, inconscientemente, inibindo as estratégias de internacionalização da nossa economia. Felizmente, isso tem mudado. O processo de internacionalização cada vez mais tem feito parte da estratégia das empresas", salienta Brant.

Além disso, o Presidente Welington Teixeira ressaltou que o processo de internacionalização vai além de importar/exportar. É uma questão de visão de mundo. "Temos que estar lá fora e enxergar o mundo para entendermos o que estamos fazendo aqui dentro”. Outro ponto levantado, é que o Sindinfor tem investido muito em ações para estimular as empresas a buscarem outros mercados, pensarem e se tornarem global.

O Consul do Reino Unido, Thomas Nemes, falou sobre a importância da parceria que está sendo feita entre os países, pois existe um potencial muito grande de negócios digitais em Minas para ser trabalhado no mundo todo.

Ficou a cargo da Gerente de Investimento do DIT no Brasil, Raquel Kibrit, apresentar um panorama mais detalhado "Do Brasil ao Reino Unido, um passo para ser Global".

Para exemplificar as possibilidades que o Reino Unido oferece, foram apresentados dois cases de sucesso das empresas mineiras que ganharam o mundo através do Reino Unido, a iOasys e a SalaryFits. Foi um momento em que os participantes puderam interagir, fazer várias perguntas e receberam conselhos, principalmente sobre o que não fazer.

E para trazer ainda mais o clima londrino para Minas, Welington Teixeira também falou sobre sua experiência na London Tech Week, promovida por uma parceria entre Sindinfor e FIEMG Lab, para conhecer de perto tudo o que tem sido feito lá. “A participação ativa do Governo, leis que fortalecem e fomentam o setor e a sincronização dos atores fazem com que a linha de montagem de empresas exponenciais funcione e cresça, sempre”, concluiu.

Alguma dúvida, sugestão? Entre em Contato!

Obrigado por entrar em contato conosco. Breve iremos retornar.