(31) 3215-8300

Por que ter um intermediador nas relações com o sindicato dos funcionários?

Em termos legais, qualquer negociação coletiva é complexa, principalmente se a empresa optar em negociar diretamente com o sindicato laboral. Dessa forma, você já parou pra pensar que tentar uma negociação com o Sindados (sindicato laboral) pode gerar sérios danos para sua empresa?

Um problema recorrente enfrentado pelas organizações que já tentaram negociar individualmente com o laboral é um certo distanciamento da realidade de mercado. Veja bem: por se tratar de apenas uma empresa negociando, é possível que a realidade do todo não seja levada em consideração na hora da tomada de decisões.

É importante lembrar, como já foi dito em um conteúdo anterior (Negociações da CCT nunca foram tão complexas) que, para termos ainda mais embasamento, no ano passado foi feito um estudo histórico, político e econômico completo das relações laborais no setor de TIC do país.

Recebemos muitos feedbacks positivos dos empresários em relação ao resultado e, portanto, foi notável o quanto estes dados foram decisivos na hora de entrarmos em negociação com o sindicato dos funcionários e, por fim, definir o que seria mais acertado para ambos os lados. Ah, e um ponto importante sobre a CCT, que ganhou ainda mais força após a reforma trabalhista, é que nós, enquanto sindicato, somos os únicos com legitimidade para negociá-la e isso as empresas não podem fazer.

Além disso, na esfera judicial, podemos representar coletivamente nossas associadas, o que é também uma vantagem em termos de peso e legitimação, pois representamos toda a categoria e as nossas empresas associadas, individualmente, colhem os benefícios.

Com tudo isso, é possível perceber que ter um sindicato forte representando o seu negócio é fundamental para que seja desenvolvido um ambiente favorável ao crescimento dos negócios digitais em Minas, não é mesmo?

Porém, para que isso continue sendo possível, é de extrema importância que as empresas colaborem por meio da contribuição sindical. A empresa que contribui vai ajudar (e muito!) no fortalecimento e defesa da sua categoria econômica. Já emitiu sua guia? Então não perca tempo! Ela já se encontra disponível em nosso site.

E então, vamos trabalhar juntos pelo desenvolvimento do setor?

Alguma dúvida, sugestão? Entre em Contato!

Obrigado por entrar em contato conosco. Breve iremos retornar.