Por Rafael Lessa - Designer no Sindinfor

Hoje em dia, em tempos de crise no Brasil, com juros altíssimos, economia estagnada e muita instabilidade governamental, a internacionalização de empresas passou a ser um desejo de muitos empreendedores. Os EUA, por exemplo, onde o mercado é claramente mais promissor, se tornou um alvo para os empresários brasileiros.

No conteúdo da semana passada, "Quais as diferenças entre o mercado brasileiro e o norte-americano?", citamos alguns programas e entidades que dão suporte para que os empresários consigam internacionalizar seu negócio. Porém, vale ressaltar que o processo de internacionalização não é uma tarefa muito fácil, apesar de ser bem compensador.

O empresário precisa entender a cultura norte-americana. Afinal, é necessário saber como as negociações são feitas para que você consiga chegar em um objetivo e não dê brechas para gafes. Por isso, é aconselhável uma conversa com um empresário que já tenha tido a experiência de expandir seu negócio para os EUA.

Além da cultura, é imprescindível conhecer a burocracia norte-americana, uma vez que o processo de internacionalização depende diretamente das leis de imigração. Existem questões burocráticas que impedem tanto sua entrada nos EUA, quando a sua capacidade de trabalhar lá. Por isso, entender sobre o “Visto L” (documentações fundamentais para atuar no país), por exemplo, as vezes será necessário a consulta em um advogado.

Contar com assessoria de pessoas especializadas em imigração é de grande valia, pois existem diversas implicações (legais e fiscais) com a abertura ou expansão de alguma empresa para o mercado norte-americano.

Como vocês viram, se inserir no mercado norte-americano pode ser uma tarefa um pouco complicada. Mas com o auxílio das pessoas certas, o seu objetivo pode ser concretizado com muito sucesso. Sendo assim, o empresário Emílio Guimarães, CEO da Virtual Connection estará na sede da FIEMG, no dia 15 de fevereiro, para compartilhar sua experiência e te mostrar a chave para alcançar o objetivo de internacionalizar a sua empresa! Inscreva-se aqui!

Te esperamos lá!